Casa dos Velhinhos de Gravatá – Trabalho Social e Dedicação ao Próximo

Reportagem feita no dia 10 de março de 2010 pela TV Prefeitura – Gravatá/PE

“A porta entre nós e o céu não poderá abrir-se enquanto estiver fechada a que fica entre nós e o próximo”, esta é a primeira mensagem que o visitante se depara quando entra na Casa Beneficente Vicente Soares da Silva e Maria Alice, a Casa dos Velhinhos de Gravatá. Um espaço amplo, agradável que existe desde 1958 e hoje abriga pouco mais de 74 idosos divididos em quatro pavilhões. Para cuidar do ambiente e dos vovôs e vovós que moram lá, são necessários 32 funcionários e vale ressaltar que a Casa dos Velhinhos vive exclusivamente de doações, repasses do Governo Federal e apoio da Prefeitura.

A Casa dos Velhinhos de Gravatá conta com o apoio voluntário de profissionais de várias áreas, médicos, dentistas, geriatras entre outros. No momento o abrigo está necessitando de nutricionista para acompanhamento da dieta dos idosos, “Todos podem ser voluntários, não precisa ser médico ou outro profissional, a pessoas mais simples pode ser um voluntário do nosso trabalho. Aqui não falta o que fazer, sempre encontramos algo que precisa ser feito. Atualmente estamos precisando muito de nutricionistas para que acompanhem a dieta de nossos queridos que aqui vivem”, afirmou o coordenador Paulo Sérgio Andrade.

Assim como o voluntariado, qualquer pessoa pode contribuir com o trabalho da Casa dos Velhinhos de Gravatá. Seja contribuição financeira através de depósitos bancários ou doação de alimentos, roupas, itens de higiene entre outros produtos. “Contamos com vários parceiros que costumamos chamá-los de anjos que nos ajudam sempre. Hoje temos uma acessibilidade bem maior com a prefeitura de Gravatá através da Secretaria de Ação Social. Esse apoio tem sido fundamental para que nosso trabalho conquiste novos objetivos e atenda adequadamente nossos idosos”, disse Paulo.

“Para o idoso chegar aqui, se faz necessário a realização de uma triagem que é feita pela assistente social que temos aqui, para que saibamos a situação em que o idos se encontra e o que ele precisa. Essa triagem vai desde a conscientização que tem que ser feita com o idoso para que ele esteja ciente de que vai para um abrigo de idosos, essa é uma das partes mais complicadas de todo o processo de adaptação que dura cerca de 3 meses”, disse Rosa Meireles que é uma das coordenadoras da Casa dos Velhinhos.

“O idoso é tratado como uma peça descartável que não tem mais nenhum valor. Não gosto quando chamam os nossos idosos de velhos, pois velhas são as estradas que nós usamos todos os dias e anos agüentam. Os idosos são pessoas que merecem todo respeito e valorização por parte da sociedade, muitos aprendem isso quando já é tarde demais”, falou Paulo Sérgio.

Programa Todos com a Nota – A Casa dos Velhinhos de Gravatá é uma das instituições beneficiadas com o programa Todos com a Nota, no qual o consumidor no ato de suas compras deve exigir o cupom fiscal e levá-lo ao abrigo ou então depositar em urnas que se encontram em mercados, postos de gasolina, restaurantes ou outros estabelecimentos que trabalham com o programa. As urnas são devidamente identificadas com o slogan do Todos com a Nota e também contam com um adesivo com o nome da Casa dos Velhinhos.

Para contribuir com a Casa dos Velhinhos de Gravatá:

Banco do Brasil
Agência – 0922-9
Conta – 2000-1

A Casa dos Velhinhos fica na Avenida Cícero Batista de Oliveira, 2315
Fone – 3533-1039 / 3533-2138

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s